Arquivo: 
Download pdf (6.8 MB)
Realização: 

Projeto realizado por meio de parceria entre a ANDI - Comunicação e Direitos e a Fundação Maria Cecília Souto Vidigal (FMCSV)

Traçando o perfil da cobertura da Primeira Infância
Ano: 
2012

Por meio de parceria entre a ANDI - Comunicação e Direitos e a Fundação Maria Cecília Souto Vidigal (FMCSV) foi realizada uma pesquisa, em 2012, que mapeou a cobertura da mídia sobre os temas relacionados à Primeira Infância com o objetivo de identificar a maneira como a imprensa cobre o tema nos jornais e nas revistas de todo o País. 

Essa análise envolveu 48.300 matérias de 53 jornais impressos e quatro revistas de circulação nacional. 

Dentre as várias conclusões da pesquisa, pode-se perceber que a imprensa, ao falar da Primeira Infância, acaba refletindo e reforçando os valores da sociedade, privilegiando os aspectos físicos e biológicos. 

Também mantém como pautas mais frequentes a Saúde, violência e educação, que ocupam entre 40% a 50% de todas as notícias publicadas nos veículos analisados. 

O que ficou evidente é a existência de uma lacuna nas abordagens que se referem aos aspectos que estimulam o desenvolvimento cognitivo, emocional e cultural da criança pequena, temas essenciais ao seu desenvolvimento. 

Confira também os resultados da pesquisa sobre a cobertura que a imprensa (jornais e revistas) faz da Primeira Infância - quais veículos cobrem mais, quais temas despertam maior interesse, qual a abordagem e qual a qualidade das reportagens: