Arquivo: 
Download pdf (1.13 MB)
Realização: 

ANDI - Comunicação e Direitos

O caso João Hélio - uma análise da cobertura de 34 jornais brasileiros entre fevereiro e abril de 2007
Ano: 
2012

Os jornais brasileiros publicaram grande volume de notí­cias sobre esse trágico acontecimento. A presente análise dedica especial atenção à conformação do noticiário sobre o assunto, investigando, entre outros aspectos, as fontes consultadas, o foco das matérias e, em recorte específico, o teor das cartas de leitores veiculadas sobre o caso.

O estudo da cobertura da imprensa sobre o universo dos adoles­centes em conflito com a lei realizado pela ANDI – Comunicação e Direitos, em parceria com a Secretaria de Direitos Humanos da Pre­sidência da República (SDH/PR), garantiu um nível significativo de detalhamento da abordagem oferecida pelos jornais a um episódio que provocou grande comoção nacional: a trágica morte do garoto João Hélio Fernandes Vieites, em 7 de fevereiro de 2007.

A criança foi vítima de um assalto ao carro em que estava com a mãe, no Rio de Janeiro. Durante a fuga, os assaltantes tiraram os ocupantes do veículo e assumiram o controle. Mas o menino de 6 anos não conseguiu se soltar do cinto de segurança e acabou sendo arrastado pelo lado de fora do automóvel. Um adolescente de 16 anos participava do grupo que conduziu o ataque.

O levantamento realizado pela ANDI analisou o espaço dedica­do ao assunto por 341 jornais impressos das cinco regiões brasilei­ras entre 9 de fevereiro e 30 de abril de 2007. Foram identificados 245 textos sobre o tema, o que corresponde a uma média de três notícias diárias. 

Open publication - Free publishing - More brasileiros