Arquivo: 
Download pdf (1.58 MB)
Realização: 

ANDI, Rede ANDI América Latina. Com parceria UNICEF.

Jornalismo Preventivo e cobertura de situações de risco - Um guia para profissionais da imprensa com enfoque na Gripe Aviária
Ano: 
2007

A proposta da presente publicação é servir como referência para jornalistas de diferentes segmentos da mídia em coberturas de caráter preventivo, de situação de risco ou de crise. Embora tenha como foco a ocorrência de uma eventual pandemia de influenza derivada da Gripe Aviária na América Latina, a intenção é que os conceitos e ferramentas aqui apresentados possam ser úteis aos jornalistas em outros contextos, como desastres naturais, conflitos armados, acidentes ambientais e surtos de doenças fitossanitárias, por exemplo.

Além de informações gerais sobre a Gripe Aviária e seus impactos na população – em especial crianças e adolescentes –, este guia traz análises e reflexões sobre o relevante papel desempenhado pelo jornalismo no âmbito do debate público. Longe de querer apresentar fórmulas prontas, os conteúdos apresentados nas páginas que se seguem buscam apontar caminhos e abordagens que podem contribuir para uma cobertura mais abrangente e contextualizada.

A prática do jornalismo preventivo, no caso da ameaça de uma pandemia de influenza humana, pode conduzir a uma agenda responsável, dimensionando os riscos reais do problema e colaborando para que não haja pânico entre as populações. Uma cobertura jornalística cuidadosa será de grande importância para preparar a sociedade dos diferentes países latino-americanos e caribenhos contra a pandemia.

Vale destacar que não se trata apenas de ensinar as pessoas a adotar cuidados higiênicos para se prevenir da infecção, mas também encorajar cidadãos e cidadãs a participar ativamente do combate à proliferação do vírus e da doença, exigindo ações efetivas por parte das autoridades públicas.

Tags: