Arquivo: 
Download pdf (3.91 MB)
Realização: 

A elaboração do guia é fruto da parceria ANDI com Save the Children Reino Unido.

Guia de Fontes - Orçamento em Educação
Ano: 
2008

Apresentação

Com a convicção de que é impossível fomentar o desenvolvimento social sem investimentos em Educação, este Guia de Fontes – Orçamento em Educação oferece ao jornalista sugestões de especialistas sobre a temática em todo o País. A iniciativa parte do princípio de que mais do que um instrumento no qual são definidos os planos e programas de governo – além das receitas e despesas previstas para um determinado período – o orçamento público é um documento de intenções por meio do qual um governo apresenta as prioridades de sua gestão.

Diante disso, certos de que a imprensa tem um papel fundamental para auxiliar na legitimação, difusão e acompanhamento dos recursos orçamentários para a área, a Agência de Notícias dos Direitos da Infância (ANDI) e a Save the Children Reino Unido selecionaram neste documento 50 especialistas que podem auxiliar os jornalistas na construção de reportagens unindo os temas Educação e Orçamento. O objetivo é contribuir com a qualificação dessa cobertura, disseminando informações que fortaleçam o agendamento do debate público e, em conseqüência, o controle social dos recursos destinados à educação.

Modo de usar

A publicação está organizada por regiões, estados, e pelo nome do especialista. Na página referente a cada uma das fontes de informação, é possível encontrar os assuntos de seu domínio (quais são as políticas públicas e as leis sobre as quais a fonte comenta, por exemplo), suas principais publicações e a forma de acessá-las. Tal disposição permite diversas formas de consulta aos dados. O jornalista que precisa descobrir uma fonte que fale sobre o orçamento em educação de seu estado, pode usar a ferramenta de busca do programa Adobe PDF, apenas digitando o nome da unidade da federação. Uma forma prática de acessar essa ferramenta é digitando as teclas Ctrl + F. Uma caixa de pesquisas irá se abrir e, então, é só escrever o nome do estado.

Já aquele que necessita encontrar uma fonte de informação que fale sobre “educação infantil” pode usar a ferramenta de busca e digitar essa expressão. Como resultado, aparecerão todos aqueles especialistas que estão aptos para falar sobre o assunto. O mesmo vale para tópicos como políticas públicas, marco legal, fontes de financiamento, indicadores orçamentários, projetos de lei em tramitação, indicadores e avaliações, metas e objetivos e temáticas orçamentárias específicas.

Entretanto, se o profissional de comunicação já tiver em mente uma questão específica inserida nesses tópicos – como a Lei Orçamentária Anual ou o Plano de Desenvolvimento da Educação (PDE) – pode utilizar a ferramenta de busca para localizar as fontes aptas a tecer considerações a respeito da temática. É importante destacar que a ferramenta de busca do Adobe PDF se configura como um importante auxílio na agilidade da localização da fonte de informação ideal para a reportagem que está sendo construída.

Entretanto, seu uso não é fundamental. O jornalista pode querer ter uma visão geral dos conhecimentos do especialista. E pode encontrar todas essas informações, separadas por tópicos, nas páginas referentes a cada uma das fontes.