17 de Janeiro de 2012
Usina de Cidadania abre inscrições para 2 mil vagas de cursos em diversas áreas

A ONG Usina de Cidadania, instituição mantida há 14 anos pela Refinaria de Manguinhos, está com inscrições abertas para o preenchimento de 2.232 vagas entre os núcleos Artístico Cultural, Aprofundamento e Pesquisa Artística, Educação Continuada, Esportes, Artes Marciais, Arte, Saúde e Meio Ambiente e Cidadania, Inclusão Digital, e Artístico de Capacitação Profissional e Geração de Renda.

Os interessados devem comparecer à sede da instituição, de segunda à sexta-feira, das 8h às 17h. Para as crianças, são necessárias cópias da certidão de nascimento, RG, comprovante de residência, caderneta de vacinação, além de duas fotos 3 x 4, declaração escolar e CPF do responsável. Já os adultos devem levar cópias do RG, CPF, comprovante de residência e duas fotos 3 x 4.

A Usina de Cidadania fica na Avenida Brasil 3141 - Manguinhos. Informações podem ser obtidas através dos telefones 3891-2034 e 3891-2140.

Usina de Cidadania
Em 14 anos de atuação, a ONG já beneficiou diretamente mais de oito mil pessoas, desempenhando importante papel social no trabalho com crianças, adolescentes, adultos e pessoas com necessidades especiais de 30 comunidades localizadas nos bairros de Manguinhos, Benfica, Caju, Maré, São Cristóvão e Bonsucesso. Essa região, segundo o Instituto Pereira Passos, é uma das áreas com menores índices de desenvolvimento humano (IDH) do Estado do Rio de Janeiro, apresentando as menores rendas, taxas de alfabetização, escolaridade e expectativa de vida do estado. A Usina de Cidadania possui como missão contribuir para a melhoria da qualidade de vida da população das comunidades atendidas através de ações de responsabilidade social que gerem crescimento educacional, elevação da autoestima, percepção da cidadania, qualificação para geração de trabalho e renda, além da promoção da integração social e profissional de pessoas com necessidades especiais.

Com a compra da Refinaria de Manguinhos pelo Grupo Andrade Magro no final de 2008, a instituição vem aumentando o número de pessoas beneficiadas direta e indiretamente pelo projeto. Por ano, são atendidas mais de 700 crianças e jovens e cerca de 300 adultos.

OFICINAS

Crianças e adolescentes (de 9 a 17 anos):
- Núcleo artístico cultural

Desenvolvimento de oficinas artísticas que incluem dança contemporânea, balé, artes, teatro e música (violão, guitarra, cavaquinho, baixo, teclado, canto, percussão e bateria);

- Núcleo de aprofundamento e pesquisa artística
Companhia de teatro e núcleo avançado de dança (de 9 a 20 anos);

- Núcleo de educação continuada
Oficinas voltadas para o desenvolvimento escolar através de aulas de reforço que seguem a metodologia do ensino público, orientação vocacional e curricular, além de orientação pedagógica;

- Núcleo de esportes
Educação física escolar com jogos cooperativos como vôlei, handebol, basquete, futsal e futebol de campo, além de escolinha de futebol, com foco em alto rendimento;

- Núcleo de artes marciais
Coordenado pelo atleta campeão de MMA Pedro Rizzo, o núcleo desenvolve oficinas de judô, luta olímpica, jiu-jitsu, capoeira e muay thai.

Crianças, jovens e adultos:
- Núcleo de arte, saúde, meio ambiente e cidadania
Oficinas de relaxamento, meditação, implantação das hortas agroecológicas e atendimento psicológico;

- Núcleo de inclusão digital
Desenvolvimento de oficinas de informática e pesquisa histórica nas quais são ministradas aulas sobre o sistema operacional Windows 7, Pacote Office 2010, Internet, como também jogos pedagógicos, palestras sobre redes sociais, além de pesquisas sobre a história da região;

- Núcleo artístico de capacitação profissional e geração de renda
Desenvolvimento de oficinas de qualificação profissional como marcenaria, luthieria, cenotecnia, costura e modelagem e artesanato para pessoas com deficiências (Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência).

Alex Teixeira
alex@mniemeyer.com.br
www.mniemeyer.com.br
(21) 2178 2101
(21) 8122 5488

Patrocínio
Petrobras
Publicações
Publicação mapeia os principais riscos a que estão expostos crianças e adolescentes nas cidades-sede do Mundial 2014 e apresenta as iniciativas desenvolvidas pela sociedade brasileira para garantir os direitos fundamentais desses grupos etários.