22 de Junho de 2012
UNICEF e Flamengo capacitam profissionais do clube para garantir os direitos da infância

Será realizada, no dia 25 de junho, uma oficina para fortalecer as medidas de proteção aos direitos de crianças e adolescentes que praticam esportes no clube e nas escolinhas de futebol ou participam de projetos sociais do Flamengo. O público prioritário são os educadores e técnicos do clube. A atividade começa às 10h, na sede do clube na Gávea, Rio de Janeiro, e contará com a participação da presidente do clube, Patrícia Amorim, e do representante do UNICEF no Brasil, Gary Stahl.

A capacitação abordará temas como legislação, formas de contribuir para o desenvolvimento pleno de meninas e meninos por meio do esporte seguro e inclusivo, prevenção de casos de abuso, exploração e violência.

No final da atividade, os participantes ajudarão a elaborar o código de conduta para os funcionários do Flamengo. O documento será finalizado com o apoio do UNICEF e ajudará a garantir que as crianças e os adolescentes sob os cuidados do clube tenham seus direitos protegidos.

Com a proximidade da Copa do Mundo de 2014 e dos Jogos Olímpicos/ Paraolímpicos em 2016, a ideia é que o Flamengo e o UNICEF possam influenciar diretamente as práticas atuais de clubes esportivos. O objetivo é fazer do esporte um meio mais engajado com a causa da infância e da adolescência.

Fontes:
 

Alexandre Amorim
Telefone: (61) 8166 1636
E-mail: aamorim@unicef.org

Estela Caparelli
Telefone: (61) 3035 1963
E-mail: mecaparelli@unicef.org

Assessoria de Comunicação do Flamengo
Bernardo Monteiro, Roberta Pinto, Alessandra Niskier e Renata Garavaglia Telefone: (21) 2159 0190
E-mail: comunicacao@flamengo.com.b

Patrocínio
Petrobras
Publicações
Este guia integra uma série de publicações editadas pela ANDI – Comunicação e Direitos ao longo da última década, com o objetivo de contribuir para o aprimoramento da cobertura jornalística.