20 de Setembro de 2012
Classificação Indicativa terá aplicativo para celular e tablet

A UNESCO estendeu até dia 24 de setembro o prazo para contratação de empresa especializada para desenvolvimento de aplicativo pedagógico sobre a Classificação Indicativa para celulares e tablets. O edital integra o projeto Liberdade de Expressão, Educação para a Mídia da Secretaria Nacional de Justiça e tem o objetivo preparar novos instrumentos de disseminação das informações sobre o conteúdo de produtos audiovisuais. O aplicativo servirá de alerta aos pais ou responsáveis sobre a adequação da programação audiovisual à idade de crianças e adolescentes.

O projeto tem parceria com o Ministério da Educação que deverá oferecer novas tecnologias para a aproximação entre professores e alunos principalmente com o auxílio da Internet.  A idéia é facilitar o acesso a novos conteúdos e mídias sociais, com o desenho adequado da ferramenta de forma a prever estratégias pedagógicas, que devem ser consideradas no ensino e na aprendizagem.

O aplicativo deve ser desenvolvido em versão compatível aos Tablets com tamanho de tela entre "6 à 12". As especificações são livres e os sistemas operacionais devem ser Android 4.0.1 e, IOS 5 e Windows 7.5 e atualizações. Além dos requisitos técnicos, a ferramenta deve apresentar conteúdos da Classificação Indicativa como descritos na Cartilha e no Guia Prático da Classificação Indicativa.

Sugestão de fonte:

Carolina Valadares
Assessoria de Comunicação do Ministério da Justiça
(61) 2025-3135 / 3315

Tamara Gonçalves
Advogada
(61) 9378-4738
tamara.goncalves@gmail.com

Patrocínio
Petrobras
Publicações
Este guia integra uma série de publicações editadas pela ANDI – Comunicação e Direitos ao longo da última década, com o objetivo de contribuir para o aprimoramento da cobertura jornalística.