27 de Outubro de 2016
Campanha #ComerLivre desafia internauta a adotar uma alimentação saudável

Em comemoração a Semana Mundial da Alimentação, o Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec) lança a campanha #ComerLivre. Ao todo, seis vídeos serão postados nas redes sociais e site do Idec, desafiando os internautas a responderem perguntas sobre as barreiras para uma alimentação saudável. As melhores respostas serão divulgadas posteriormente como dicas.

De acordo com a nutricionista do Idec, Ana Paula Bortoletto, “o desafio é  engajar os consumidores e mapear o maior número possível de iniciativas e soluções que ajudem a contornar os desafios para uma alimentação livre. Por isso, a campanha irá mostrar que para comer de forma saudável é preciso facilitar o consumo desses alimentos”.

A ação pretende traduzir os conceitos introduzidos pelo Guia Alimentar para a População Brasileira. Lançada em 2014 pelo Ministério da Saúde, a publicação destaca os principais obstáculos para a adoção de hábitos de consumo que priorizam alimentos in natura ou minimamente processados. Entre as dificuldades estão: informação, oferta, custo, falta de habilidades culinárias, tempo e publicidade.

Bortoletto ainda ressalta que algumas barreiras não são superadas apenas por iniciativas individuais, mas também dependem do ambiente em que as pessoas vivem. Além disso, reitera a necessidade de políticas públicas que tornem o ambiente alimentar mais saudável. 

“Por meio dessas ações, o cidadão poderá empoderar-se para escolhas alimentares de forma autônoma — inclusive para que ele prepare por conta própria aquilo que irá comer —, mas, sobretudo, irá se encorajar na adoção de um padrão alimentar que esteja ‘livre’ da influência nociva da publicidade de alimentos ultraprocessados”, finaliza a nutricionista.

SOBRE O IDEC

O Idec - Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor - é uma associação de consumidores, sem fins lucrativos, fundada em 1987, e que é independente de empresas, governos ou partidos políticos. Nossos recursos financeiros provêm basicamente das contribuições de nossos associados. Também recebemos recursos de organismos e fundações, mas que não comprometem nossa independência. Seja um apoiador do Idec. Acesse https://www.idec.org.br/associe-se e informe-se.

 

Patrocínio
Petrobras