14 de Maio de 2014
Ações de combate ao abuso e à exploração sexual de crianças e adolescentes marcam o dia 18 de maio

A Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH/PR), em parceria com o Comitê Nacional de Enfrentamento da Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes, realiza em Brasília, no dia 21 de maio, ações em alusão ao 18 de Maio - Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes.

Tradicionalmente, desde a aprovação da Lei 9.970/2000, que instituiu o dia 18 de maio como o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual contra Criança e Adolescente, são realizadas ações de mobilização, como a Campanha Nacional Proteja Brasil, que é uma ação permanente do Plano Nacional de Enfrentamento da Violência Sexual Infanto-Juvenil. No período de 18 a 24 de maio, diversas atividades de mobilização serão realizadas em todo o País.

A campanha foi lançada a fim de mobilizar a população para o enfrentamento da violência sexual contra crianças e adolescentes. A data não foi escolhida aleatoriamente. Em 18 de maio de 1973, uma menina foi seqüestrada, violentada e assassinada, em Vitória, capital do Espírito Santo. O fato ficou conhecido como o “Crime Araceli”. Os agressores até hoje não foram punidos.

Nesse ano, a Mobilização Nacional terá como tema: “Tolerância Zero contra a Violência Sexual – Ações de Promoção e Repressão”, cujo objetivo é mobilizar a sociedade para a garantia dos direitos de crianças e adolescentes e para a luta pelo fim da violência sexual contra meninos e meninas.

No dia 21 de maio, a partir das 10h, ocorrerá o “Percurso pela Esplanada dos Ministérios da Caravana Siga Bem Criança”. Em seguida a Caravana fará uma concentração no Parque da Cidade, estacionamento Ana Lídia, onde acontecerão atividades culturais para as crianças das Escolas Públicas do Distrito Federal com a presença de artistas.

A partir das 14h, será realizada a Cerimônia em alusão ao 18 de Maio e a 4ª Edição do Prêmio Neide Castanha, na Câmara Federal - Auditório Nereu Ramos, em Brasília (DF). O prêmio é destinado a pessoas físicas e jurídicas que se destacaram por sua atuação na promoção e defesa dos direitos infanto-juvenis no enfrentamento da violência sexual.

Confira a programação completa em: http://bit.ly/1mYRpYb

Assista ao vídeo da campanha Ana (Aliança Nacional de Adolescentes) junto com o Comitê Nacional de Enfrentamento a Violência Sexual, a Rede Ecpat Brasil e as redes de proteção dos direitos humanos de crianças e adolescentes sobre o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes: http://bit.ly/1lAexNr

Informações:
(61) 3347-8524 / 93759353
Patrocínio
Petrobras
Publicações
O guia procura orientar os profissionais de comunicação para uma cobertura qualificada e contextualizada do tema oferecendo referências às políticas públicas, esclarecendo conceitos e sugerindo fontes.