30 de Maio de 2012
Unicef faz alerta aos países ricos

Veículo: 
Brasil Econômico
Diário do Nordeste
Correio do Povo

Os 35 países mais ricos do mundo concentram 30 milhões de crianças pobres, ou seja, 15% da população infantil assistida pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) no mundo. Segundo o relatório divulgado ontem (29), só na Europa há 13 milhões de crianças pobres. O estudo foi feito nos 27 países da União Europeia, além de Noruega, Islândia, Austrália, Canadá, Estados Unidos, Japão, Nova Zelândia e Suíça. As democracias escandinavas têm só 3% de crianças pobres. A França é o país que mais investe em políticas familiares (3,7% do PIB) e, apesar disso, ocupa o 14o lugar no ranking de crianças pobres. Para o Unicef, o país desperdiça dinheiro público. Entre os critérios de comparação para estabelecer pobreza, estão o acesso a três refeições por dia, livros, conexão à internet e local para as atividades escolares.

Tags:

Patrocínio
Petrobras
Publicações
Publicação mapeia os principais riscos a que estão expostos crianças e adolescentes nas cidades-sede do Mundial 2014 e apresenta as iniciativas desenvolvidas pela sociedade brasileira para garantir os direitos fundamentais desses grupos etários.