18 de Dezembro de 2013
PE: Parceria para eliminar a exploração de crianças e adolescentes

Veículo: 
Jornal do Commercio

Quarenta jovens que trabalhavam ilegalmente em diversas atividades consideradas exploratórias estão sendo capacitados com a ajuda de 13 empresas parceiras do Projeto de Aprendizagem e de Combate ao Trabalho Infantil da Superintendência Regional do Trabalho e Emprego em Pernambuco (SRTE/PE). Nesta terça-feira (17), as empresas receberam um certificado pela parceria. Segundo o superintendente regional do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), André Luz Negromonte, 137 mil crianças e adolescentes são exploradas hoje no estado, sendo 103 mil (75,18%) somente na Região Metropolitana do Recife. Hoje, as empresas são obrigadas por força da legislação a contratar adolescentes aprendizes. Segundo dados do Sistema de Informações sobre Focos do Trabalho Infantil (SITI), auditores fiscais do trabalho realizaram, em 2011, 254 ações e identificaram 817 crianças e adolescentes em situação de trabalho exploratório. Em 2012, foram 561 inspeções e 1.215 identificados. Este ano as ações aumentaram e o número de identificados diminuiu em relação a 2012: 566 e 1.181, respectivamente.

Patrocínio
Petrobras
Publicações
Este guia integra uma série de publicações editadas pela ANDI – Comunicação e Direitos ao longo da última década, com o objetivo de contribuir para o aprimoramento da cobertura jornalística.