19 de Dezembro de 2012
PE: Mortes na Funase preocupam

Veículo: 
Diário de Pernambuco
Folha de Pernambuco

 

Pernambuco ocupa o primeiro lugar em número de mortes de jovens dentro do Sistema Nacional de Atendimento Socieducativo (Sinase), segundo levantamento que ainda está sendo feito pela Secretaria Nacional de Promoção dos Direitos da Criança e do Adolescente. Ao longo deste ano, quatro rebeliões foram constatadas nas unidades da Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase) de Abreu e Lima e do Cabo de Santo Agostinho. Essa situação resultou na morte de sete adolescentes. Para se ter uma ideia da situação alarmante vivida no estado, a pesquisa revelou que de 2007 a 2012 o estado de São Paulo registrou 10 óbitos.
 
Violação de direitos – Integrantes de uma força-tarefa nacional formada pelo Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente (Conanda) e outras unidades que atuam na defesa do direito das crianças e adolescentes realizaram ontem (18) uma visita à Funase de Abreu e Lima para avaliar a atual situação do local. O cenário encontrado ratificou as diversas violações aos direitos humanos denunciadas várias vezes tanto pelos socioeducandos quanto por seus familiares: superlotação, uma mesma cela comportando 29 adolescentes, tapetes servindo de camas, jantar regrado unicamente por bolacha e suco, atividade esportiva, apenas, uma vez por semana, e muito lixo ao redor da unidade. Além do uso da tortura física e psicológica.
Patrocínio
Petrobras
Publicações
O guia procura orientar os profissionais de comunicação para uma cobertura qualificada e contextualizada do tema oferecendo referências às políticas públicas, esclarecendo conceitos e sugerindo fontes.