09 de Junho de 2014
Número de desaparecidos no Brasil pode crescer com Copa

Veículo: 
O Tempo

A cada hora, 28 pessoas desaparecem no Brasil. No fim de um ano, são 250 mil desaparecidos. A estimativa é do advogado Arnaldo Gesuele, que teme que esses números aumentem ainda mais com a Copa do Mundo no País. Sensibilizado por essa triste realidade, que conheceu após uma reunião com mães de desaparecidos, Gesuele criou o site Meu Filho Sumiu (www.meufilhosumiu.com). Em apenas oito meses no ar, a página já conta com 7.521 cadastros de desaparecidos. O sistema de divulgação em massa também está disponível nas redes sociais (Facebook e Twitter) e aplicativos para celular, e já atinge quatro milhões de pessoas. "Ultrapassamos as 19 mil curtidas no Facebook, e quando as pessoas compartilham os alertas (posts), se tornam vigilantes voluntários. No primeiro alerta que soltamos, já tivemos mais de 1 milhão de visualizações e 160 mil compartilhamentos. Não queremos justiceiros, quem prende e investiga é a polícia", diz Gesuele. O alerta do advogado já foi retratado também pelo Jornalista Amigo da Criança Mauri König, no livro "O Brasil Oculto", lançado em 2013. Ele percorreu 42 mil km pelo Brasil para mostrar que, por trás dos famosos pontos turísticos, existe um mundo obscuro que alimenta o tráfico de pessoas.

Patrocínio
Petrobras
Publicações
Este guia integra uma série de publicações editadas pela ANDI – Comunicação e Direitos ao longo da última década, com o objetivo de contribuir para o aprimoramento da cobertura jornalística.