25 de Setembro de 2014
Vaticano vai julgar acusado de pedofilia

Veículo: 
Jornal do Commercio

O Vaticano se prepara para julgar pela primeira vez um ex-prelado acusado de pedofilia, o polonês Josef Wesolowski, uma ação realizada a pedido do papa Francisco para marcar o fim do silêncio da Igreja ante esta delicada questão. Já condenado em junho por um tribunal eclesiástico, Wesolowski foi convocado para uma audiência preliminar que deu início a um processo penal, e foi colocado sob prisão domiciliar. “Provavelmente haverá um julgamento”, confirmou nesta quarta-feira (24) o porta-voz do Vaticano, padre Federico Lombardi, que não se pronunciou sobre um calendário para o processo. Se Josef Wesolowski for condenado poderá, então, ser aprisionado dentro dos muros do Vaticano. O único julgamento ocorrido recentemente no Vaticano foi o do ex-mordomo de Bento XVI, Paolo Gabriele, preso no Vaticano por vários meses e condenado no final de 2012 por ter vazado documentos confidenciais à imprensa italiana. Meses depois recebeu o perdão papal. No entanto, nenhum prelado respondeu a crimes na história recente da Santa Sé.

Patrocínio
Petrobras
Publicações
Publicação mapeia os principais riscos a que estão expostos crianças e adolescentes nas cidades-sede do Mundial 2014 e apresenta as iniciativas desenvolvidas pela sociedade brasileira para garantir os direitos fundamentais desses grupos etários.