28 de Novembro de 2014
Uma em cada três vítimas é criança

Veículo: 
Diário do Nordeste

O Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime (UNODC), em Nova York. Nos Estados Unidos, alertou que meninas e mulheres representam 70% das pessoas traficadas no mundo entre 2010 e 2012. O Relatório Global sobre Tráfico Humano, divulgado em Viena na última segunda-feira (24), mostrou que uma em cada três vítimas é criança, o que representa um aumento de 5% em relação ao período anterior, entre 2007 e 2010. O documento diz que, no Brasil, o tráfico para exploração sexual aumentou mais de 100%, passando de 59 para 149 casos. O UNODC informou ainda que pelo menos três mil pessoas são usadas para trabalho escravo ou forçado no País todos os anos. Entre 2010 e 2012, dos 257 indiciados por crimes envolvendo tráfico humano no Brasil, apenas 35 foram condenados pela Justiça, sendo 22 brasileiros e 13 estrangeiros. O País é mencionado no estudo também por um caso de aliciamento através de um relacionamento amoroso falso entre o traficante e a vítima, como parte de um esquema de exploração sexual de mulheres na Europa.

Patrocínio
Petrobras
Publicações
Este guia integra uma série de publicações editadas pela ANDI – Comunicação e Direitos ao longo da última década, com o objetivo de contribuir para o aprimoramento da cobertura jornalística.