24 de Junho de 2014
Tráfico de pessoas: 600 vítimas em 2013

Veículo: 
Jornal do Commercio

Levantamento da Secretaria Nacional de Justiça identificou quase 600 situações de tráfico internacional de pessoas no Brasil em 2013. O dado foi apresentado ontem pelo secretário Paulo Abrão, durante lançamento da terceira etapa do projeto Gift Box, parte da campanha de enfrentamento ao tráfico de seres humanos e exploração sexual no País, intensificado durante a Copa do Mundo. Com os maiores aeroportos brasileiros, Rio de Janeiro e São Paulo são as principais portas de saída para a exploração sexual, ainda a modalidade mais comum de trabalho escravo no País. A maioria das vítimas são mulheres entre 14 e 28 anos, de baixa renda e pouca escolaridade, diretamente associada a cultura machista que favorece a mercantilização da vida, segundo Abrão. Aproveitando o alto fluxo de turistas no Rio durante o Mundial (850 mil brasileiros e estrangeiros), o Gift Box (literalmente uma caixa de presente) será instalado em locais de grande circulação para conscientizar as pessoas.

Patrocínio
Petrobras
Publicações
Publicação mapeia os principais riscos a que estão expostos crianças e adolescentes nas cidades-sede do Mundial 2014 e apresenta as iniciativas desenvolvidas pela sociedade brasileira para garantir os direitos fundamentais desses grupos etários.