24 de Junho de 2014
Tráfico de pessoas: 600 vítimas em 2013

Veículo: 
Jornal do Commercio

Levantamento da Secretaria Nacional de Justiça identificou quase 600 situações de tráfico internacional de pessoas no Brasil em 2013. O dado foi apresentado ontem pelo secretário Paulo Abrão, durante lançamento da terceira etapa do projeto Gift Box, parte da campanha de enfrentamento ao tráfico de seres humanos e exploração sexual no País, intensificado durante a Copa do Mundo. Com os maiores aeroportos brasileiros, Rio de Janeiro e São Paulo são as principais portas de saída para a exploração sexual, ainda a modalidade mais comum de trabalho escravo no País. A maioria das vítimas são mulheres entre 14 e 28 anos, de baixa renda e pouca escolaridade, diretamente associada a cultura machista que favorece a mercantilização da vida, segundo Abrão. Aproveitando o alto fluxo de turistas no Rio durante o Mundial (850 mil brasileiros e estrangeiros), o Gift Box (literalmente uma caixa de presente) será instalado em locais de grande circulação para conscientizar as pessoas.

Patrocínio
Petrobras
Publicações
Este guia integra uma série de publicações editadas pela ANDI – Comunicação e Direitos ao longo da última década, com o objetivo de contribuir para o aprimoramento da cobertura jornalística.