09 de Setembro de 2013
SP: Universidade atrasa bolsas e prejudica acesso de pesquisadores

Veículo: 
A notícia foi publicada nos principais jornais do País

A Universidade de São Paulo (USP) atrasou desde junho o pagamento de auxílios de pesquisa a 30 acadêmicos do Brasil e de outros países que fazem parte de um projeto da instituição, o Programa de Pesquisa nos Acervos da USP. Ao todo, a Universidade deveria ter pago R$ 350 mil aos pesquisadores, mas até agora ninguém recebeu. O programa é de responsabilidade das pró-reitorias de Pesquisa, de Pós-Graduação e de Cultura e Extensão da USP e os auxílios serão pagos com orçamento da própria Universidade. A proposta do edital, lançado em janeiro, é que os pesquisadores de nível de mestrado, doutorado e pós-doutorado pudessem realizar estudos nos cinco acervos da USP. As atividades deveriam começar em junho deste ano e poderiam variar de três a cinco meses, para serem finalizadas até 30 de novembro. Como há vários pesquisadores que ainda não começaram por causa da não liberação da verba, não será possível finalizar os projetos no prazo previsto no edital do programa.

Patrocínio
Publicações
Publicação mapeia os principais riscos a que estão expostos crianças e adolescentes nas cidades-sede do Mundial 2014 e apresenta as iniciativas desenvolvidas pela sociedade brasileira para garantir os direitos fundamentais desses grupos etários.