21 de Agosto de 2013
SP: Unesp aprova cota de 50% para aluno da rede pública

Veículo: 
Folha de S. Paulo

A Unesp aprovou em última instância a adoção de cotas no seu vestibular. Ela será a única das três universidades estaduais paulistas a adotar a reserva de vagas, a exemplo do que está em curso nas federais. Com a decisão, a universidade terá, em 2018, metade dos ingressantes provenientes de escolas públicas, em cada curso; 35% deles deverão ser pretos, pardos e indígenas. A implementação começa no próximo vestibular, com cota de 15% para a rede pública. A decisão foi tomada pelo Conselho Universitário no dia 15. Em abril, a universidade havia aprovado a adoção de metas, mas não havia definido como as atingiria. O objetivo era chegar aos percentuais até 2016, prazo que foi postergado com a nova decisão. A participação da rede pública na Unesp já é de 40%, mas há grande variação entre as áreas. Em medicina, por exemplo, é de 2%.

Patrocínio
Publicações
Publicação mapeia os principais riscos a que estão expostos crianças e adolescentes nas cidades-sede do Mundial 2014 e apresenta as iniciativas desenvolvidas pela sociedade brasileira para garantir os direitos fundamentais desses grupos etários.