11 de Março de 2013
SP: Mais de 1,2 mil crianças e adolescentes usuárias de crack vivem nas ruas de São Paulo

Veículo: 
Clica Brasília

Mais de mil crianças e adolescentes que vivem nas ruas da capital paulista são usuárias de crack. A estimativa é do Movimento Estadual da População em Situação de Rua de São Paulo. "O pessoal que atende na rua estima que haja 1,2 mil crianças e adolescentes envolvidas com crack só em São Paulo", disse o presidente da organização, Robson Cesar Correia de Mendonça. Segundo o desembargador Antonio Carlos Malheiros, coordenador da Vara de Infância e Juventude do Tribunal de Justiça de São Paulo, só na área central da cidade, a estimativa é de que até 400 crianças estejam envolvidas com drogas, especialmente crack. "Temos entre 22 e 23 cracolândias cercando a cidade. A central, que é a maior do mundo, tem 2 mil usuários. Calculamos que mais ou menos 20% dessas pessoas são crianças e adolescentes", disse.

Patrocínio
Publicações
Este guia integra uma série de publicações editadas pela ANDI – Comunicação e Direitos ao longo da última década, com o objetivo de contribuir para o aprimoramento da cobertura jornalística.