07 de Março de 2013
SP: Justiça manda indenizar pai impedido de assistir ao parto do filho

Veículo: 
Gazeta do Povo

A Justiça condenou o governo do estado de São Paulo a pagar indenização de R$ 5 mil ao construtor Bruno Santana por ter sido impedido de assistir ao parto da esposa no Conjunto Hospitalar de Sorocaba, hospital público estadual. A criança nasceu em setembro de 2010, longe dos olhos do pai. A Lei Estadual 10.241, de 17 de março de 1999, dá ao pai o direito de acompanhar os exames do pré-natal e o parto, mas nem sempre é seguida pelos hospitais. Santana manifestou o interesse de presenciar o nascimento da filha, mas não foi atendido.

Patrocínio
Petrobras
Publicações
O guia procura orientar os profissionais de comunicação para uma cobertura qualificada e contextualizada do tema oferecendo referências às políticas públicas, esclarecendo conceitos e sugerindo fontes.