13 de Setembro de 2012
SP: Internos fazem reféns por quase sete horas

Veículo: 
Folha de S. Paulo
O Estado de S. Paulo

Os internos da unidade Vila Leopoldina da Fundação Casa (antiga Febem), na zona oeste de São Paulo (SP), mantiveram sete funcionários da instituição como reféns por quase sete horas. A rebelião começou às 9h30 de ontem (12). Somente por volta das 16h10, os reféns foram libertados. O motim começou depois de um interno agredir um coordenador de equipe dentro de uma das salas de aula da unidade. A briga levou outros funcionários da unidade a socorrer o agredido, dando início à confusão generalizada. O coordenador de equipes foi agredido com socos e pontapés, mas não chegou a ser atacado por armas. Os seis demais reféns foram mantidos em uma sala da instituição. Durante o tumulto, foram quebradas cadeiras, mesas e portas. A Corregedoria da Fundação Casa vai abrir sindicância para investigar o motivo da rebelião.

Patrocínio
Petrobras
Publicações
Este guia integra uma série de publicações editadas pela ANDI – Comunicação e Direitos ao longo da última década, com o objetivo de contribuir para o aprimoramento da cobertura jornalística.