11 de Junho de 2013
SP: Fundação Casa caminha para uma superlotação

Veículo: 
Diário de S. Paulo

Numa década, o número de atos infracionais registrados no estado de São Paulo cresceu em quase 70%. A Fundação Casa tem 9,2 mil adolescentes internados cumprindo medidas socioeducativas atualmente. Cerca de 40% desses jovens cumprem medida por envolvimento com o tráfico de entorpecentes. Para o promotor da Vara de Infância e Juventude de Sorocaba, Antônio Domingues Farto Neto, a quantidade crescente de adolescentes internados poderá acarretar em grandes problemas para Fundação Casa. “Houve um aumento de 15% no número de vagas nas unidades da Fundação Casa no interior, mas sem que nenhum prédio tenha sido construído. Portanto, estamos a poucos passos da superlotação e isso pode destruir todo o trabalhode ressocialização que está sendo feito”, alerta. Comparado a outros estados, São Paulo ainda é líder no número de apreensões pessoas com menos de 18 anos.

Patrocínio
Publicações
O guia procura orientar os profissionais de comunicação para uma cobertura qualificada e contextualizada do tema oferecendo referências às políticas públicas, esclarecendo conceitos e sugerindo fontes.