16 de Dezembro de 2013
SP: Casos de pedofilia com inquérito dobram

Veículo: 
Diário de S. Paulo

Considerado um dos tipos de crimes mais difíceis de ser comprovado para levar os autores para a cadeia, os casos de pedofilia tiveram um aumento de quase 100% em inquéritos abertos pela Polícia Federal no dez primeiros meses de 2013 em relação ao mesmo período do ano passado. Foram 40 procedimentos abertos neste ano contra 22 em 2012. Um dos motivos apontados para o aumento é o trabalho constante para encontrar sites e publicações na internet com esse perfil de crime. Cresceu também, segundo a PF, a frequência de denúncias sobre situações que podem indicar pedofilia. Entre os casos que podem ser indiciados sob suspeita de pedofilia pode estar o compartilhamento de fotos de menores de idade em situações pornográficas, mesmo que em grupos fechados da internet. Um dos grandes entraves para fechar o cerco contra esses criminosos está na formulação de provas contra os acusados. "Grande parte das vezes é preciso provas técnicas, que dependem de perícia, para que os pedófilos sejam presos, pois é raro a prisão em flagrante", explica o delegado Hermógenes de Freitas Leitão Neto, da PF de Campinas (SP).

Patrocínio
Petrobras
Publicações
Este guia integra uma série de publicações editadas pela ANDI – Comunicação e Direitos ao longo da última década, com o objetivo de contribuir para o aprimoramento da cobertura jornalística.