20 de Novembro de 2013
SE: Parto Humanizado será tema de audiência

Veículo: 
InfoNet

A atual realidade obstétrica do Brasil tem sido amplamente debatida não só por profissionais da saúde, mas principalmente por homens e mulheres envolvidos na luta pelo direito ao parto humanizado. O alarmante crescimento no número de partos cesarianos ou com intervenções traumáticas tem sido o ponto de partida para que cada vez mais mulheres questionem os atuais paradigmas que envolvem o parto cesariano, suas justificativas e a violência obstétrica que muitas mulheres chegam a sofrer na sala de parto. Esse e outros temas serão os pontos norteadores de uma audiência pública que será realizada nesta quinta (21), às 14h30, na Assembleia Legislativa de Sergipe, com o tema Parto Humanizado por um Nascimento sem Violência. Além da violência obstétrica e parto humanizado, o espaço também será norteado por reflexões acerca da atual situação das maternidades e o pré-natal na rede de atenção básica de Sergipe, a necessidade de reativar o protagonismo feminino no parto e a regularização das doulas - mulheres que oferecem suporte afetivo, físico e emocional às gestantes antes, durante e após o parto.

Patrocínio
Petrobras
Publicações
Publicação mapeia os principais riscos a que estão expostos crianças e adolescentes nas cidades-sede do Mundial 2014 e apresenta as iniciativas desenvolvidas pela sociedade brasileira para garantir os direitos fundamentais desses grupos etários.