06 de Setembro de 2013
SC: Universidade adia outra vez decisão sobre cotas

Veículo: 
Diário Catarinense

A definição sobre o percentual de cotas que a Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) irá adotar no Vestibular de 2014 foi adiada mais uma vez e será votada na próxima terça-feira pelo Conselho Universitário. A tendência é pelo aumento da reserva de vagas, que hoje está em 30%. De acordo com a pró-reitora de graduação, Roselane Campos a votação não passa da próxima reunião do conselho para não atrasar o processo de vestibular. O segundo adiamento deve-se à discussão sobre o ingresso de professores na Universidade, debatida desde terça-feira. Aumentar o percentual de cotas é uma tendência para cumprir a lei federal aprovada no ano passado. Ela obriga que até 2016 as instituições federais destinem 50% das vagas a alunos que fizeram o ensino médio em escolas públicas. Até o vestibular 2013, dos 30% reservados pela UFSC, 10% eram para alunos negros. Os outros 20% seguiam os critérios da nova lei. Já a adoção do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) foi descartada e deve ser encaminhada no ano que vem, após novas discussões.

Patrocínio
Publicações
Este guia integra uma série de publicações editadas pela ANDI – Comunicação e Direitos ao longo da última década, com o objetivo de contribuir para o aprimoramento da cobertura jornalística.