03 de Outubro de 2013
RS: Adolescentes em conflito com a lei promovem exposição de telas

Veículo: 
Diário Gaúcho Online

O traço de impulso instintivo e cor vibrante poderia resultar em um simples desenho se não fosse o emaranhado de sentimentos que revela. Cada obra em tinta acrílica é para João (nome fictício), 16 anos, seu próprio retrato. Em telas de 50x70cm, o adolescente busca, além de si mesmo, respostas para o passado que o levou, há seis meses, para dentro da Fundação de Atendimento Socioeducativo (Fase). Ele faz parte do projeto de ressocialização que desde março colore os corredores da unidade Case Poa II, em Porto Alegre (RS). Ao lado de outros 19 adolescentes que cumprem medidas socioeducativas, João participa da oficina Artinclusão, criada e ministrada pelo professor e artista plástico Aloizio Pedersen. Toda semana, são duas horas de concentração profunda. O foco é o interior de cada um. Os trabalhos podem ser conferidos a partir da próxima semana no Centro Administrativo Fernando Ferrari, na Capital.

Patrocínio
Publicações
Publicação mapeia os principais riscos a que estão expostos crianças e adolescentes nas cidades-sede do Mundial 2014 e apresenta as iniciativas desenvolvidas pela sociedade brasileira para garantir os direitos fundamentais desses grupos etários.