05 de Janeiro de 2012
RN: Professores sem abono salarial há 90 dias

Veículo: 
Tribuna do Norte

O Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Rio Grande do Norte denunciou ontem (4) o descumprimento de um Termo de Ajustamento de Conduta firmado entre a Secretaria Municipal de Educação e o Ministério Público Estadual, para pagamento de cerca de 800 professores que estão trabalhando em condições precárias e sem contrato formal. De acordo com o sindicato, o vínculo foi firmado para que o ano letivo não ficasse incompleto, já que em outubro o contrato temporário dos professores foi encerrado. O Termo de Ajustamento de Conduta previa o pagamento dos meses de outubro, novembro e dezembro até o fim do ano passado. No entanto, o dinheiro não foi depositado. Na terça-feira (3), o secretário municipal de Educação, Walter Fonseca, disse que o pagamento começaria ainda ontem (4). 

Patrocínio
Petrobras
Publicações
Este guia integra uma série de publicações editadas pela ANDI – Comunicação e Direitos ao longo da última década, com o objetivo de contribuir para o aprimoramento da cobertura jornalística.