02 de Junho de 2015
RJ: Projeto incentiva ingresso de aluno de escola pública no ensino superior

Veículo: 
Agência Brasil

Para incentivar o ingresso no ensino superior, a Secretaria de Estado de Educação do Rio de Janeiro (Seeduc) implantou o projeto #PartiuUniversidade. A proposta acompanha o cronograma do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e de outras universidades que não aderiram ao Enem como forma de ingresso, além de incentivar a formação de grupos de estudo. De acordo com a coordenadora de Inovação e Protagonismo Juvenil da Seeduc, professora Fernanda Lima, o projeto fornece ao aluno mais informações e dicas de estudos para ele se preparar para as provas. “Denominamos o projeto de guia do estudante, porque enviamos, conforme a liberação dos cronogramas, a confirmação de data de inscrição e data da prova. A ideia é dar suporte, enviando os lembretes e informações e estimulando que as escolas formem grupos de estudo com questões de vestibular, questões de Enem”, explicou Fernanda Lima. Segundo ela, toda a rede estadual foi incluída, abrangendo atualmente 120 mil estudantes da terceira série do ensino médio. Acrescentou que cada escola tem autonomia para trabalhar os grupos de estudo de acordo com a própria dinâmica. “A proposta é que façamos uma rede de incentivo à participação, de modo a ampliar as possibilidades, apresentar novos caminhos e novas oportunidades para que eles estejam cada vez mais nas universidades. Trabalhamos com o protagonismo para o aluno visualizar as alternativas e poder fazer escolhas mais acertadas”. As inscrições para o Enem começaram no dia 25 de maio e terminam nesta sexta-feira (5). Estudantes de escola pública concluintes do ensino médio em 2015 são isentos da taxa de R$ 63.  De acordo com balanço divulgado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) no fim da tarde de hoje (2), o número de inscritos já passa de 4,6 milhões. A expectativa do Inep é que passe de 9 milhões.

Patrocínio
Petrobras
Publicações
Este guia integra uma série de publicações editadas pela ANDI – Comunicação e Direitos ao longo da última década, com o objetivo de contribuir para o aprimoramento da cobertura jornalística.