24 de Maio de 2013
RJ: Mais de 11 mil crianças e adolescentes ficam sem aulas no Alemão

Veículo: 
O Dia
O Globo
O Estado de S. Paulo

Em pouco menos de dois meses, mais uma comunidade onde há uma Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) tem o comércio fechado por ordens do tráfico. Dessa vez, o toque de recolher aconteceu nas comunidades e no entorno dos complexos do Alemão e da Penha. Pelo menos 11.400 crianças e adolescentes de 14 escolas e sete creches na região ficaram sem aulas. A ordem do fechamento teria sido dada depois da morte do traficante Anderson Simplício de Mendonça, de 29 anos. A Secretaria Estadual de Educação informou que suspendeu as aulas por medida de segurança. Já a pasta municipal afirmou que suas unidades não funcionaram porque os alunos não compareceram.

Patrocínio
Petrobras
Publicações
Publicação mapeia os principais riscos a que estão expostos crianças e adolescentes nas cidades-sede do Mundial 2014 e apresenta as iniciativas desenvolvidas pela sociedade brasileira para garantir os direitos fundamentais desses grupos etários.