20 de Junho de 2013
Representações por infração de adolescentes sobem 7% em um ano

Veículo: 
DCI OnLine

Números divulgados pelo Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) indicam que subiu a quantidade de representações envolvendo infrações cometidas por jovens nas cinco regiões do País. Segundo o estudo Ministério Público, “Um Retrato”, eram 96 mil casos em 2011 contra 102,7 mil em 2012, um acréscimo de 7%. As representações são oferecidas pelo Ministério Público quando os atos infracionais são mais graves, como latrocínios (roubo seguido de morte) ou assassinatos. Geralmente, as representações resultam em recolhimento do adolescente em centros de internação. A alta foi puxada por duas regiões brasileiras. No Nordeste, foram 19 mil representações em 2011 contra 26,9 mil em 2012, enquanto no Sudeste o número subiu de 43,2 mil para 47,3 mil. Nas demais regiões houve queda, a mais acentuada no Norte, de 9,6 mil para 6,5 mil.d

Patrocínio
Publicações
Este guia integra uma série de publicações editadas pela ANDI – Comunicação e Direitos ao longo da última década, com o objetivo de contribuir para o aprimoramento da cobertura jornalística.