17 de Fevereiro de 2016
Projeto do Ministério Público dissemina cultura de paz nas escolas

Veículo: 
Veículo não definido

A volta às aulas é um momento oportuno para discutir a cultura de paz no ambiente escolar. Alegria para alguns ao reencontrar os amigos, conhecer os professores e a turma. Para outros, o retorno à escola pode ser mais traumático. Conflitos ocorrem com frequência no ambiente que deveria ser cercado de cordialidade e educação. O Ministério Público do Distrito Federal e Territórios está atento a essa situação e, em 2005, criou o Grupo de Apoio à Segurança Escolar (Gase) para disseminar a cultura de paz na comunidade escolar. Dados da Polícia Militar apontam que as ocorrências mais comuns são de uso e porte de drogas (32%), roubo (22%) e ameaças (11%). Quase 70% dos crimes acontecem fora da escola, geralmente perto dos horários de entrada e saída dos alunos. O objetivo é fiscalizar a atuação do Distrito Federal na execução de políticas públicas de enfrentamento à violência nas escolas e contribuir para a construção de redes entre o poder público, as entidades não-governamentais, as escolas e a comunidade. A experiência do Gase tem demonstrado que, entre as atividades de prevenção à violência, são indispensáveis aquelas que convidem o aluno a exercer uma liderança positiva, além de práticas desportivas, artísticas e de lazer. Em 2012, o MPDFT produziu uma cartilha sobre o trabalho do Gase. Entre as sugestões de práticas positivas estão a adoção do recreio orientado, do teatro, da rádio-escola e do uso do uniforme. A promotora de Justiça de Defesa da Educação Márcia da Rocha, coordenadora do Gase, reforça a importância de ações como a do grupo para construir um ambiente escolar saudável onde crianças e adolescentes encontrem apoio para superar os problemas. "Os desafios da vida em comunidade impõem muito diálogo e parceria para superação de problemas como os causados pelas práticas de ações violentas, de desrespeito ou de incivilidade dentro do ambiente escolar. O Gase é um parceiro que se apresenta na busca de soluções proativas ou de superação dessas situações”, completa.

Parceria pela paz - A mediação é uma forma de solução de conflitos na qual uma terceira pessoa, neutra e imparcial, facilita o diálogo entre as partes, para que elas construam, com autonomia e solidariedade, a melhor solução para o problema. É dessa forma que o Gase tenta solucionar os conflitos no ambiente escolar. Em 2016, terá continuidade o curso “Mediação escolar estudar em paz” para alunos de São Sebastião. A primeira edição foi realizada em dezembro de 2015. O intuito do curso é disseminar os valores da cultura de paz, dos direitos humanos e de cidadania entre os estudantes. A iniciativa é uma parceria entre o Gase, a Universidade de Brasília (UnB), o Instituto Federal de Brasília (IFB) e a Fundação Escola Superior do MPDFT (FESMPDFT). Projeto semelhante, com outros parceiros, terá início com estudantes do Núcleo Bandeirante.

 

Patrocínio
Petrobras
Publicações
Este guia integra uma série de publicações editadas pela ANDI – Comunicação e Direitos ao longo da última década, com o objetivo de contribuir para o aprimoramento da cobertura jornalística.