05 de Julho de 2012
Proibição da publicidade infantil vai além do Conar

Veículo: 
O Estado de S. Paulo

O relator do Projeto de Lei que pretende regulamentar a publicidade infantil - fator que afetará decisivamente o conteúdo dirigido a crianças na tevê -, deputado Salvador Zimbaldi (PDT-SP), sinaliza que as regras para controlar abusos nesse terreno deverão ir além das competências do Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária (Conar). No atual estágio, o projeto propõe banir toda e qualquer propaganda dirigida a crianças na tevê e anúncios voltados a adolescentes. O relator deverá apresentar seu parecer sobre o assunto na primeira semana de agosto. Tramitando há 11 anos, o Projeto de Lei 5921/01, de autoria do deputado federal licenciado Luiz Carlos Hauly, prevê a proibição de publicidade infantil e a participação de crianças em qualquer tipo de publicidade ou comunicação mercadológica.

Patrocínio
Petrobras
Publicações
Este guia integra uma série de publicações editadas pela ANDI – Comunicação e Direitos ao longo da última década, com o objetivo de contribuir para o aprimoramento da cobertura jornalística.