05 de Agosto de 2013
Presidente sanciona lei sobre combate à tortura

Veículo: 
A notícia foi publicada nos principais jornais do País

A presidente Dilma Rousseff sancionou na sexta-feira (2) a lei que cria o Sistema Nacional de Prevenção e Combate à Tortura. Segundo a ministra de Direitos Humanos Maria do Rosário, a ideia é que, até o início de 2014, um grupo de peritos comece a atuar para investigar casos de tortura.O projeto, aprovado no mês passado no Congresso, institui um controle externo de presídios, penitenciárias, delegacias, casas de custódia, instituições socioeducativas de adolescentes, asilos e hospitais psiquiátricos. "Nós temos que admitir tristemente que a tortura não ficou restrita ao período da ditadura militar. Ela permanece ocorrendo", disse a ministra. "Agora, teremos instrumentos concretos para investigar e fazer a perícia de quem sofre tortura no País." Hoje os presídios são fiscalizados pelo Conselho Nacional de Justiça, mas não há regularidade nem obrigatoriedade nessas operações.

Patrocínio
Petrobras
Publicações
O guia procura orientar os profissionais de comunicação para uma cobertura qualificada e contextualizada do tema oferecendo referências às políticas públicas, esclarecendo conceitos e sugerindo fontes.