24 de Outubro de 2012
Presidente do Uruguai sanciona nova lei do aborto

Veículo: 
A notícia foi publicada nos principais jornais do País

O presidente uruguaio, José Pepe Mujica, promulgou ontem (23) a lei que legaliza o aborto no Uruguai durante as primeiras 12 semanas de gestação e sob algumas condições, aprovada na semana passada pelo Senado. A nova legislação entrará em vigor em 30 dias, período no qual o Poder Executivo deve regulamentá-la. Com isso, o Uruguai será o segundo país da América Latina a permitir o aborto, depois de Cuba. No restante da região, a interrupção da gravidez também é legal apenas na Cidade do México, na Guiana e em Porto Rico. O País pôs fim a décadas de debates sobre um tema que dividiu a sociedade uruguaia, após o fracasso de 10 projetos de legalização do aborto desde 1978.

Patrocínio
Petrobras
Publicações
O guia procura orientar os profissionais de comunicação para uma cobertura qualificada e contextualizada do tema oferecendo referências às políticas públicas, esclarecendo conceitos e sugerindo fontes.