06 de Março de 2013
PR: Secretaria reduz número de escolas de tempo integral

Veículo: 
Folha de Londrina

A Secretaria Municipal de Educação de Londrina (PR) reduziu o número de escolas com ensino em tempo integral. Das 12 unidades implantadas ano passado, apenas duas continuam em funcionamento. Cerca de 900 estudantes são atendidos, ante os 7 mil de períodos anteriores. A educação em tempo integral foi um dos principais programas de governo na gestão do prefeito cassado Barbosa Neto (PDT). Porém, o Conselho Municipal de Educação denunciou irregularidades na condução dos trabalhos, estrutura inadequada, falta de professores e educadores. Um conselheiro chegou a comentar que o ensino integral era na verdade um "depósito de criança". A atual administração fez um levantamento nas unidades e suspendeu o ensino em tempo integral em 10 escolas. A justificativa é a falta de professores e de educadores.

Patrocínio
Publicações
Este guia integra uma série de publicações editadas pela ANDI – Comunicação e Direitos ao longo da última década, com o objetivo de contribuir para o aprimoramento da cobertura jornalística.