23 de Maio de 2013
PR: Ônibus sucateados expõem crianças a riscos

Veículo: 
Gazeta do Povo

Veículos velhos expõem crianças e adolescentes a riscos de acidentes. Somente nos últimos dois meses, duas crianças se machucaram. O serviço de transporte escolar, terceirizado pelas prefeituras por falta de condições de atender diretamente a demanda, não inclui, entre os itens a serem verificados, o ano de fabricação dos ônibus. As prefeituras também não são cobradas por isso. O Departamento de Trânsito do Paraná (Detran) informa que não há uma normativa estadual nem mesmo federal para regular a questão. As prefeituras, portanto, ficam responsáveis por regulamentar a vida útil dos veículos utilizados no transporte escolar rural. Segundo o Detran, o cinto de segurança é exigido para os veículos de transporte coletivo independente do ano de fabricação. Em Ivaí, alguns ônibus circulam sem o acessório que garante a segurança dos passageiros.

Patrocínio
Petrobras
Publicações
Este guia integra uma série de publicações editadas pela ANDI – Comunicação e Direitos ao longo da última década, com o objetivo de contribuir para o aprimoramento da cobertura jornalística.