27 de Junho de 2013
PR: Médicos de maternidade protestam em Curitiba

Veículo: 
Bem Paraná Online

Os médicos da Maternidade Victor Ferreira do Amaral, em Curitiba, reivindicaram em frente ao hospital o pagamento dos salários atrasados. Segundo os manifestantes, eles não recebem desde o dia 10 de junho. A maternidade atende pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS) através do Programa Mãe Curitibana e mais de 300 partos são realizados mensalmente. O valor dos salários e das despesas em geral é pago pelos governos municipal, estadual e federal. O diretor da Fundação da Universidade Federal (Funpar), responsável pela administração da maternidade, Paulo Mello Garcia, disse em entrevista à RPC TV que fará um empréstimo de R$ 170 mil para resolver o problema dos salários atrasados.

Patrocínio
Petrobras
Publicações
O guia procura orientar os profissionais de comunicação para uma cobertura qualificada e contextualizada do tema oferecendo referências às políticas públicas, esclarecendo conceitos e sugerindo fontes.