21 de Novembro de 2012
PR: Estado é o terceiro no ranking de reconhecimento de paternidade

Veículo: 
Folha de Londrina

 

Campanha do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) incentiva que pais registrem espontaneamente seus filhos. Mais de 2,5 mil procedimentos foram feitos desde o início do programa Pai Presente, há dois anos. Em todo o País, 17.963 crianças, jovens e adultos tiveram o nome do pai incluído na certidão de nascimento. O Paraná é o terceiro estado com maior número de reconhecimentos espontâneos de paternidade do País. Desde o lançamento do projeto, em 2010, foram 2.652 casos confirmados, superados apenas pelos registros de São Paulo (5.490) e do Ceará (3.681). O programa é realizado em parceria com os tribunais de Justiça de todo o País. O reconhecimento pode ser espontâneo, por meio de audiências com as mães, exames de DNA ou processos judiciais.

 

Patrocínio
Petrobras
Publicações
Publicação mapeia os principais riscos a que estão expostos crianças e adolescentes nas cidades-sede do Mundial 2014 e apresenta as iniciativas desenvolvidas pela sociedade brasileira para garantir os direitos fundamentais desses grupos etários.