22 de Maio de 2013
PR: Crianças e adolescentes são vítimas em metade dos casos de violência

Veículo: 
Diário de Guarapuava Online

De 2009 até o início deste mês, o Paraná registrou cerca de 21.500 notificações de violência, segundo dados divulgados esta semana pela Secretaria Estadual da Saúde. Deste total, 49% são de casos envolvendo crianças ou adolescentes. Os números chamaram a atenção e motivaram a criação da campanha “Viva a Infância”, lançada na última segunda-feira, dia 21, em Curitiba. O estudo mostrou que os tipos de violência mais comuns em crianças e adolescentes são a negligência ou o abandono, que correspondem a 48% dos casos notificados no ano passado. A violência sexual ocupa a segunda colocação e ocorre, principalmente, contra meninas. Já a violência física, que é a terceira de maior incidência, acontece mais vezes contra os meninos. Em 2010, dos casos de violência notificados no Paraná, 48,6% foram contra crianças e adolescentes, segundo a Secretaria de Saúde. Em 2011, o índice de situações envolvendo esse público baixou para 43,2% e, em 2012, voltou a subir, para 56,1% do total.

Patrocínio
Petrobras
Publicações
Publicação mapeia os principais riscos a que estão expostos crianças e adolescentes nas cidades-sede do Mundial 2014 e apresenta as iniciativas desenvolvidas pela sociedade brasileira para garantir os direitos fundamentais desses grupos etários.