09 de Maio de 2014
PR: Cidade é a nona do País em mortes de adolescentes

Veículo: 
Folha de S. Paulo

Com 263,5 mil habitantes, Foz do Iguaçu (PR) é a nona cidade que mais mata adolescentes no País, segundo relatório "Homicídios na Adolescência", feito em 2012 pela Organização das Nações Unidas (ONU) e pelo Observatório de Favelas. Comparando municípios brasileiros com mais de 200 mil habitantes, o estudo calcula que, a cada grupo de mil adolescentes entre 12 e 18 anos, 7,83 seriam mortos em Foz do Iguaçu antes de chegarem aos 19. O índice, que estima o risco de um adolescente morrer assassinado no município, é o mais alto entre as cidades do sul (de Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul) e equivale a 2,5 vezes a média nacional (2,98). A baiana Itabuna (a 420 km de Salvador) lidera o ranking, com uma expectativa de 9,84 assassinatos a cada mil adolescentes. Para o professor Pedro Bodê, do Centro de Estudos em Segurança Pública e Direitos Humanos da Universidade Federal do Paraná (UFPR), a violência em Foz do Iguaçu é explicada em parte por sua localização, na tríplice fronteira (entre Brasil, Paraguai e Argentina).

Patrocínio
Petrobras
Publicações
Este guia integra uma série de publicações editadas pela ANDI – Comunicação e Direitos ao longo da última década, com o objetivo de contribuir para o aprimoramento da cobertura jornalística.