18 de Outubro de 2013
Pele das crianças exige atenção especial

Veículo: 
Folha de Londrina

O Dia das Crianças passou, mas os cuidados com a saúde dos meninos e meninas não podem parar. A dermatologista Fernanda Aguiar Vilela destaca que os pais devem ter muita atenção para garantir a proteção necessária para a pele dos filhos, sobretudo quando o assunto é exposição ao sol. Chefe do ambulatório de Dermatologia do Hospital Cardoso Fontes, no Rio de Janeiro (RJ), ela explica que o excesso de sol pode causar problemas agudos ou crônicos na pele, acarretar queimaduras solares, envelhecimento precoce da pele, manchas, xerodermia solar (secura na pele), piora ou desencadeamento de doenças preexistentes, câncer de pele, dentre outras doenças. Para prevenir, os pais devem evitar que as crianças fiquem expostas ao sol por tempo prolongado, principalmente entre 10h e 16h, quando a incidência dos raios solares está mais forte. A médica recomenda o "uso adequado de filtro solar com proteção contra UVA e UVB para crianças acima de seis meses de idade".

Patrocínio
Petrobras
Publicações
Publicação mapeia os principais riscos a que estão expostos crianças e adolescentes nas cidades-sede do Mundial 2014 e apresenta as iniciativas desenvolvidas pela sociedade brasileira para garantir os direitos fundamentais desses grupos etários.