08 de Maio de 2013
PE: Por uma Copa sem exploração

Veículo: 
Diário de Pernambuco

A Copa das Confederações, no próximo mês, e a Copa do Mundo, em 2014, deverão atrair um grande volume de turistas a Pernambuco. Como todo evento de porte, porém, as competições também trazem o risco da exploração sexual de crianças e adolescentes. Para evitar que os casos se multipliquem, a Rede de Combate ao Abuso e Exploração sexual de Crianças e Adolescentes do estado lançou uma campanha de conscientização que terá ações em locais públicos - incluindo um “adesivaço” na Praça do Derby - e distribuição de uma cartilha. Com o slogan “Todos num só time: por uma Copa sem abuso e exploração sexual”, a campanha de combate foi lançada ontem (7), na sede do Conselho Estadual de Defesa da Criança e Adolescentes (Cedeca), nas Graças. De acordo com o membro do Comitê Popular da Copa de 2014, Cláudio Braga, o grande fluxo de turistas e estrangeiros aumenta a possibilidade de casos de abuso, exploração sexual comercial e tráfico infantil.

Patrocínio
Petrobras
Publicações
Este guia integra uma série de publicações editadas pela ANDI – Comunicação e Direitos ao longo da última década, com o objetivo de contribuir para o aprimoramento da cobertura jornalística.