09 de Abril de 2013
PE: Morte reabre debate sobre falha no sistema

Veículo: 
Jornal do Commercio

O assassinato de um adolescente de 16 anos reabriu a discussão sobre a fragilidade do sistema de Ressocialização da Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase) de Abreu e Lima, na Região Metropolitana do Recife. O corpo foi encontrado às 5h de ontem, com sinais de enforcamento. O promotor da Infância e Juventude, Josenildo da Costa Silva, alertou para o fato de o adolescente ter sido assassinado com pouco tempo de internato. Não dava tempo de ele ser considerado um delator. Josenildo disse ter sido informado de que um ritual que acontece na unidade, conhecido como batismo, pode ter sido a causa do homicídio. É necessário investigar se adolescente teria sido vítima desse ato de violência.

Patrocínio
Petrobras
Publicações
Este guia integra uma série de publicações editadas pela ANDI – Comunicação e Direitos ao longo da última década, com o objetivo de contribuir para o aprimoramento da cobertura jornalística.