04 de Julho de 2014
Papa vai receber, no Vaticano, seis vítimas de padres pedófilos

Veículo: 
Jornal do Commercio

O papa Francisco receberá na próxima segunda-feira (7), pela primeira vez no Vaticano, seis vítimas de padres pedófilos, todos europeus, informaram, nesta quinta-feira (3), fontes religiosas. O papa se reunirá em sua residência privada, a Casa Santa Marta, com dois britânicos, dois alemães e dois irlandeses, que sofreram abusos sexuais por parte de religiosos. As vítimas assistirão à missa matutina que o papa argentino oficializa na capela de sua residência, e depois se reunirão em particular com ele. Os nomes das pessoas não serão divulgados à imprensa. Francisco prometeu acabar com os abusos na Igreja Católica e reiterou, como seus antecessores, que haveria tolerância zero. No ano passado, as leis do Vaticano foram intensificadas castigando com até 12 anos de prisão os atos sexuais com crianças, a exploração sexual e a pornografia infantil. No último dia 27, o ex-núncio apostólico (embaixador do papa) na República Dominicana, o polonês Jozef Wesolowski, foi obrigado a largar a batina depois de ser acusado de pedofilia.

Patrocínio
Publicações
Este guia integra uma série de publicações editadas pela ANDI – Comunicação e Direitos ao longo da última década, com o objetivo de contribuir para o aprimoramento da cobertura jornalística.