10 de Abril de 2013
PA: Certidão ainda no hospital

Veículo: 
Amazônia Jornal

A primeira unidade interligada com cartório, que funcionará no Hospital Beneficente Portuguesa, em Belém, foi apresentada durante o lançamento da Campanha Estadual de Combate ao Sub-Registro no Pará, ontem (9), na Estação Gasômetro. Na ocasião, o governador Simão Jatene assinou um termo de entrega de kits com computadores, doados por meio do Fundo de Apoio de Registro Civil do Estado do Pará, para cartórios de 32 municípios paraenses. De acordo com dados do IBGE, do censo de 2010, existem 1.694.601 crianças de zero a dez anos no Pará. Deste total, cerca de 80 mil não possuem certidão de nascimento, o que significa um percentual de quase 5% de crianças nessa faixa etária sem registro. A emissão da certidão de nascimento é importante para que o cidadão tenha os direitos garantidos, como o acesso à educação, à saúde e aos programas sociais de governo.

Patrocínio
Petrobras
Publicações
Este guia integra uma série de publicações editadas pela ANDI – Comunicação e Direitos ao longo da última década, com o objetivo de contribuir para o aprimoramento da cobertura jornalística.