20 de Novembro de 2013
Operação contra pedofilia prende 25

Veículo: 
A notícia foi publicada nos principais jornais do País

A Polícia Federal deflagrou nesta terça-feira (19) uma das maiores operações de combate à pedofilia já feitas no Brasil. A Operação Glasnost, como foi batizada, expediu cerca de 80 mandados de busca e apreensão. A ação ocorreu em 11 estados. Durante o cumprimento dos mandados realizados, foram efetuadas 25 prisões, sendo 24 em flagrante e uma preventiva. Quatro das prisões ocorreram em Curitiba (PR). As cidades paranaenses de Londrina, Campo Mourão e Apucarana tiveram uma prisão cada. Entre os alvos da operação, estavam pessoas de todas as idades e profissões, incluindo um policial militar, um soldado da Aeronáutica, vários professores e um chefe de grupo de escoteiros. Os investigados compartilhavam fotos e vídeos de crianças, adolescentes e até de bebês, muitos deles sendo abusados sexualmente por adultos, e as enviavam para seus contatos no Brasil e no exterior.

Patrocínio
Petrobras
Publicações
Este guia integra uma série de publicações editadas pela ANDI – Comunicação e Direitos ao longo da última década, com o objetivo de contribuir para o aprimoramento da cobertura jornalística.