24 de Março de 2014
ONG lança campanha para prevenir afogamentos de crianças e adolescentes

Veículo: 
Diário de Pernambuco

A ONG Criança Segura lançou campanha de prevenção contra afogamentos de crianças e adolescentes para alertar a sociedade sobre o perigo da falta de atenção: afogamentos ocupam o segundo lugar no ranking de mortes de crianças até 14 anos por acidentes no Brasil. O trânsito, incluindo os atropelamentos, ocupa o primeiro lugar, com duas mil mortes por ano. A cada ano, mais de 1,1 mil crianças morrem afogadas, segundo dados do Ministério da Saúde. A maior incidência ocorre com crianças entre 1 e 4 anos – 422 casos, o que representa 37% do total. Em segundo lugar, vêm as mortes de crianças com idades entre 10 e 14 anos – 407 registros e 36% dos casos. "O objetivo da campanha é gerar um alerta para a população de que a prevenção é simples, mas precisa entrar no dia a dia das famílias. O adulto deve estar sempre com a criança quando ela estiver na água. Noventa por cento dos acidentes podem ser evitados", disse a coordenadora nacional da ONG, Alessandra Françoia. Ela explica que o elevado número de mortes se dá "porque o afogamento é um acidente silencioso e muito rápido".

Patrocínio
Petrobras
Publicações
O guia procura orientar os profissionais de comunicação para uma cobertura qualificada e contextualizada do tema oferecendo referências às políticas públicas, esclarecendo conceitos e sugerindo fontes.