30 de Julho de 2013
O caloroso encontro do Papa com as ruas

Veículo: 
Revista Veja

O Instituto Ipsos MediaCT, com o apoio do departamento de pesquisa e inteligência de mercado da Abril, ouviu 427 peregrinos de 16 a 40 anos que participaram da Jornada Mundial da Juventude no Rio de Janeiro. Apenas 36% deles estiveram também nas manifestações de rua no Brasil em junho. Do total, 98% concordaram com o papa Francisco “a juventude é a janela pela qual o futuro entra no mundo”. Quase 65% afirmaram que o católico tem o direito de lutar para mudar as posições da Igreja a respeito do aborto, do sexo antes do casamento ou da união entre homossexuais; no entanto, 75% concordaram com a afirmação “se depender de mim, a Igreja católica será igual ao que é nos dias atuais”. Os jovens demonstraram ainda a vontade de educar os filhos de acordo com sua formação religiosa – 61% afirmaram que, caso se casem com alguém que siga outra religião, incentivarão os filhos a serem católicos.

Patrocínio
Petrobras
Publicações
Publicação mapeia os principais riscos a que estão expostos crianças e adolescentes nas cidades-sede do Mundial 2014 e apresenta as iniciativas desenvolvidas pela sociedade brasileira para garantir os direitos fundamentais desses grupos etários.