03 de Janeiro de 2012
Ministério Público pede que nota da redação do Enem não conte no Sisu

Veículo: 
A notícia foi publicada nos principais jornais do País

O Ministério Público Federal no Ceará pediu à Justiça Federal ontem (2) que a nota da redação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) seja desconsiderada no Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que seleciona estudantes para universidades públicas. O procurador da República Oscar Costa Filho, autor do pedido, argumenta que a nota da redação e as das provas objetivas não podem ser combinadas em uma mesma seleção porque utilizam diferentes metodologias de cálculo. O pedido foi registrado em uma ação ajuizada na semana passada em que o Ministério Público solicita que o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), responsável pelo Enem, explique os critérios de correção das provas objetivas. O Ministério da Educação deverá responder ainda nesta terça-feira.

Patrocínio
Petrobras
Publicações
Publicação mapeia os principais riscos a que estão expostos crianças e adolescentes nas cidades-sede do Mundial 2014 e apresenta as iniciativas desenvolvidas pela sociedade brasileira para garantir os direitos fundamentais desses grupos etários.