10 de Outubro de 2013
Malala conquista prêmio Sakharov de direitos humanos

Veículo: 
A notícia foi publicada nos principais jornais do País

Legisladores europeus concederam seu prêmio máximo em direitos humanos à estudante paquistanesa Malala Yousafzai, que sobreviveu a uma tentativa de assassinato do Talibã no ano passado, um dia antes do anúncio do Prêmio Nobel da Paz, no qual ela é favorita. O Parlamento Europeu anunciou nesta quinta-feira (10) que Malala, de 16 anos, venceu o Prêmio Sakharov, e receberá 50 mil euros. O ex-técnico da Agência Nacional de Segurança dos EUA, Edward Snowden, e um grupo de dissidentes presos da Bielorrússia também estavam concorrendo ao prêmio. O Sakharov é considerado o maior prêmio de direitos humanos da Europa. Entre os vencedores anteriores estão os laureados com o Prêmio Nobel da Paz Aung San Suu Kyi e Nelson Mandela. Malala é uma das favoritas ao Nobel da Paz deste ano, que será anunciado nesta sexta-feira (11).

Patrocínio
Petrobras
Publicações
Este guia integra uma série de publicações editadas pela ANDI – Comunicação e Direitos ao longo da última década, com o objetivo de contribuir para o aprimoramento da cobertura jornalística.